Página Inicial Publicações

Documentação

Causas da deterioração

Causas da Deterioração dos Documentos
Perenidade não é uma propriedade inerente aos bens culturais, principalmente aos documentos textuais. Os arquivistas e profissionais de áreas congêneres, como os curadores (conservadores) de acervos, restauradores e marchands, têm por dever de ofício, responsabilidades com as manutenções preventiva e corretiva dos objetos bi-tridimensionais. Neste trabalho, ênfase é dada aos fatores extrínsecos e intrínsecos de deterioração dos bens culturais, principalmente dos documentos de arquivo. Leia mais...

Princípios Fundamentais da ArquivologiaPrincípios Fundamentais da Arquivologia
Arquivos são considerados fontes fidelíssimas de informações e repositórios legais de instrumentos probatórios de direitos de pessoas físicas e jurídicas, desde que sejam tecnicamente estruturados e gerenciados por expertos em arquivologia, tendo em vista proporcionar a recuperação dos itens documentais armazenados e protegidos, os quais devem estar arranjados e facilmente acessíveis. Leia mais...

Princípios Fundamentais da ArquivologiaPrincípios Fundamentais da Arquivologia
Arquivos são considerados fontes fidelíssimas de informações e repositórios legais de instrumentos probatórios de direitos de pessoas físicas e jurídicas, desde que sejam tecnicamente estruturados e gerenciados por expertos em arquivologia, tendo em vista proporcionar a recuperação dos itens documentais armazenados e protegidos, os quais devem estar arranjados e facilmente acessíveis. Leia mais...

Apontamentos sobre Gestão de Documentos de Arquivo
O termo “administração de arquivo” é designativo do conjunto de atividades relacionadas ao planejamento, direção, supervisão, coordenação, organização e controle das atividades de um arquivo (instituição, departamento ou serviço que tem por finalidade a custódia, o processamento técnico, a conservação e o acesso a documentos). Leia mais...

Gestão de DocumentosAcondicionamento de Documentos de Arquivo
A longevidade, a disponibilidade e acessibilidade futura dos acervos documentais dependem dos cuidados com a produção documental, o manuseamento em fase corrente e os recursos e técnicas adotadas para o acondicionamento das unidades de arquivamento. A grande variedade de tipos de receptáculos, constituída de caixas de arquivo, pastas, capas, porta-fólios, envelopes, estojos, carretéis, deve merecer atenção especial no que se refere aos desenhos (concepção e leiaute), formatos (lado x altura x profundidade), resistência mecânica, durabilidade, possível interação química com os documentos a que se destina proteger. Leia mais...

Mais Artigos...